Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Duquesa de Beaufort’ Category

GAINSBOROUGH, Thomas. Duquesa de Beaufort. Óleo sobre tela, 1770. St. Petersburgo, The Hermitage Museum

Os cabelos femininos, tendo sido, até então, penteados baixos, começaram a se elevar, na década de 1760, chegando até quase 1 metro de altura e cobertos de plumas.
Um topete altíssimo puxado a partir da raiz dos cabelos e esticado sobre uma almofada, no alto da cabeça, formava o centro da construção.
Fileiras de cachos dos lados, e toda a estrutura era mantida no lugar por um grande número de longos alfinetes duplos.
Os alfinetes duplos eram o que chamamos de grampos de cabelo.
A almofada era um travesseirinho cheio de fibra, lã ou crina de cavalo e, como provocava dores de cabeça, foi mais tarde substituído por uma armação de arame sobre a qual o cabelo natural era enrolado, com a ajuda de mechas postiças.
Com a ascensão ao trono, de Maria Antonieta, as mulheres aplicavam-lhes pomada e pó branco, e enfeitavam-nos com cestos de frutas, caravelas com as velas abertas, moinhos de vento com animais do campo em volta, jardins com flores naturais ou artificiais e borboletas.
Para manter todo esse volume de pé, usavam um suporte de crina de cavalo por trás da cabeça, além de alfinetes.
Essa estrutura, que, às vezes, permanecia intocada por meses, logo se transformava em abrigo de piolhos, e as mãozinhas de marfim na ponta de uma vareta comprida, os coçadores, eram feitas para serem enfiadas dentro do penteado, numa tentativa de aliviar a coceira insuportável.

Deixe seu comentário:
Essa moda só poderia vingar nos países mais frios. Em clima tropical, seria impossível aguentar essa montanha de cabelos por muito tempo.
Concorda?

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: