Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Women in the garden’ Category

MONET, Claude. Women in the garden. Óleo sobre tela, 1866. Paris, Musée d’Orsay

Como se mostra nessa tela de Monet, as saias foram ficando mais rodadas e o efeito desejado era obtido usando-se um grande número de anáguas. 

Seu peso acabou intolerável e foram substituídas pela crinolina, que era o tecido feito de crina de cavalo mesclado ao algodão ou ao linho e que tinha propriedades rijas e flexíveis ao mesmo tempo. 

A obtenção do enorme e cônico volume das saias era devido ao uso de uma armação de aros de metal chamada de cage (gaiola).

“Num recorte antropológico, a crinolina certamente possuía uma relação simbólica com a época em que floresceu. Simbolizava a fertilidade feminina, como um aumento do tamanho aparente dos quadris parece sugerir. Essa foi uma época de famílias grandes e, uma vez que a taxa de mortalidade infantil não era tão alta quanto em épocas anteriores, a população da Inglaterra cresceu rapidamente. Em outro sentido, a crinolina era um símbolo do suposto distanciamento das mulheres. A saia rodada parecia dizer que os homens não podiam se aproximar, nem para beijar a mão da mulher. Mas é claro que esse distanciamento era uma grande enganação. A saia rodada era um instrumento de sedução”.[1] 


[1] LURIE, Alison. A linguagem das roupas.

 

Deixe seu comentário:

Que acha das mulheres de hoje em dia, voltarem a usar esse tipo de saias?

Você também acha que esse distanciamento era uma enganação?

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: